Conheça as principais vitaminas para os bovinos - Notícia - Terra Viva
NOTICÍAS
Fique por dentro das principais notícias da Terra Viva e acompanhe tudo que acontece na área da alimentação, saúde e tendências de mercado.
Conheça as principais vitaminas para os bovinos
Terca-feira, 22 de Setembro de 2020

Qualquer desequilíbrio na dieta dos bovinos pode levar à diminuição no desempenho produtivo e reprodutivo, gerando prejuízo econômico.

Nas dietas, as vitaminas são responsáveis pelo controle de muitos processos metabólicos dos bovinos, sendo que algumas são armazenadas no organismo, enquanto que outras exigem abastecimento quase diário e são excretadas principalmente pela urina.

A deficiência de vitaminas pode causar desequilíbrio metabólico, gerando perda de apetite, diminuição do crescimento, baixa imunidade e queda da produção, entre outros problemas.

Principais vitaminas para os bovinos

Algumas vitaminas de grande importância para o rebanho bovino, destacadas pelo site Beefpoint e por alunos da Universidade de Pelotas são:

1) Vitamina A: É essencial para o crescimento, a reprodução, a manutenção dos tecidos epiteliais, a visão e o crescimento ósseo.

2) Vitamina D: aumenta a absorção intestinal, a mobilização, a retenção e a deposição óssea do cálcio.

3) Vitamina E: várias funções, sendo que a ação antioxidativa é a principal delas. Auxilia na manutenção estrutural e na integridade de músculos esqueléticos, cardíacos e lisos e sistemas vasculares periféricos, além de atuar na resposta imune.

4) Vitamina K: síntese de proteínas no rúmen e no papel anti-hemorrágico. Sua deficiência é de difícil ocorrência, pois é sintetizada dentro do trato digestivo pelas bactérias dos ruminais, porém quando acontece, desencadeia um aumento no tempo da coagulação sanguínea.

5) Vitaminas do Complexo B: estão ligadas ao sistema nervoso, na formação das células do sangue. Agem na desintoxicação do fígado, na formação do sistema imunológico, na formação da vitamina A e de proteínas a partir de aminoácidos, além de atuarem no crescimento e fortalecimento celular.

6) Vitamina C: Também conhecida como ácido ascórbico, a vitamina C atua como antioxidante, prevenindo o envelhecimento e a degeneração das células do organismo e auxiliando na absorção de gorduras. Sua carência é rara em ruminantes.

Como qualquer nutriente, as vitaminas devem estar presentes na dieta em quantidade correta, prevenindo hipovitaminose (carência) ou hipervitaminoses (excesso).

Sobre a suplementação de vitaminas

Cuidados com a escolha e conservação das forrageiras podem minimizar as perdas vitamínicas na alimentação do gado. Outras medidas simples também podem ajudar a manter as necessidades de vitaminas como B, C, D e K, como a exposição dos animais por algumas horas à luz solar e uma dieta equilibrada, que promove a síntese de vitaminas no rúmen. Assim, exceto em situações especiais de deficiência, a suplementação de vitaminas em ruminantes consiste basicamente em Vitamina A e Vitamina E. 

A suplementação vitamínica é a forma mais utilizada de fornecimento de vitaminas, devido sua praticidade, misturados na ração e outros alimentos. Garante maior potencial produtivo e auxilia na manutenção da saúde, prevenindo doenças. Dietas orientadas por profissionais, formuladas com vitaminas, levam em consideração as características específicas e necessidades do animal, além da limitação nutricional dos volumosos que perdem a concentração nutritiva com o tempo.

Uma dieta que supra as exigências vitamínicas deve ser sempre uma preocupação para pequenos, médios e grandes produtores para evitar prejuízos. Para a utilização de complexos vitamínicos, injetáveis ou orais, deve-se seguir orientações de um profissional e tomar cuidado com as superdosagens.


Fonte: Fundação Roge
voltar
Rod. BR 163, Km 76, Lª Bela Vista das Flores
São Miguel do Oeste – SC | 89900-000
Fone: (49) 3631 0200
contato@terravivasc.com.br
FALE CONOSCO
SAC 0800 644 3700
Atendimento de 2ª à 6ª feira das 8h às 17h