NOTICÍAS
Fique por dentro das principais notícias da Terra Viva e acompanhe tudo que acontece na área da alimentação, saúde e tendências de mercado.
Comitiva de sete países da América Latina visita Cooperoeste
Terca-feira, 04 de Outubro de 2016

Uma comitiva reunindo agricultores do México, Honduras, Guatemala, Colômbia, Equador e Paraguai visitou, nesta semana, a Cooperoeste – fabricante dos produtos lácteos Terra Viva e Amanhecer. Também participaram representantes de seis Estados do Nordeste brasileiro. A organização foi do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA). O objetivo foi conhecer as práticas e experiências de políticas de fortalecimento da agricultura familiar e assentamentos da reforma agrária.

Além de se reunirem com a direção da cooperativa, os membros da delegação dialogaram com pequenos agricultores e assentados. “O principal motivo foi proporcionar que os participantes colhessem exemplos para implantarem em seus países e Estados”, diz o sociólogo e integrante do IICA João Torrens, acrescentando que a história da Cooperoeste é um referencial, desde a luta pela conquista da terra até a consolidação da empresa.


MODELO DE COOPERATIVA

Para o sociólogo, a Cooperoeste é o resultado mais exitoso da reforma agrária no Brasil que reflete diretamente na vida dos assentados e nos municípios que atua. Torrens aponta, ainda, o método utilizado pela direção da cooperativa na captação de recursos para concretizar esse modelo de cooperativismo.

Cita, também, a organização, estratégia de comercialização, visão de mercado e programas de incentivos aos produtores, objetivando o aumento da produção e incremento na linha de produtos. “A trajetória da Cooperoeste é um grande aprendizado que pode ser aplicado em várias áreas”, destaca. “Nossa ideia é que os participantes se apropriem desse modelo”, acrescenta.

O sociólogo elogiou a forma da condução dos trabalhos da Cooperoeste que, para ele, tem uma dimensão significativa em relação ao procedimento de coordenação do cooperativismo.


REFORMA AGRÁRIA

Na avaliação do integrante do IICA, o Brasil é um dos campeões mundiais do latifúndio - onde poucas famílias detêm uma imensa quantidade de terra. “A necessidade de uma reestruturação da reforma agrária é uma das estratégias centrais para um país mais inclusivo”, opina. 

Segundo João Torrens, a distribuição de terras de forma mais igualitária beneficiaria toda a população – urbana e rural. “É só analisar a participação econômica nos municípios onde há assentamentos e os produtos que neles são produzidos”, observa. 

voltar
Rod. BR 163, Km 76, Lª Bela Vista das Flores
São Miguel do Oeste – SC | 89900-000
Fone: (49) 3631 0200
contato@terravivasc.com.br
FALE CONOSCO
SAC 0800 644 3700
Atendimento de 2ª à 6ª feira das 8h às 17h